ico Agende sua Consulta
Cursos

Eletrocautério facial e corporal

Coordenação: Profa Marina Mello

Graduada em fisioterapia (2006) USJT SP

Graduada e habilitada em Biomedicina Estética (2019) UNIBH

Pós - graduada em Dermatofuncional Estética e Saúde

Pós - graduanda em Cosmetologia – UNIVATE

Pós – graduanda em eletrofototerapia - UNIVATE

Habilitada em Harmonização facial

Professora de cursos livres de estética facial e corporal

Professora do Instituto Manhattan

Professora e coordenadora da Residência em HOF – Ênfase em planejamento e treinamento

Doutoranda em Ciências Biomédicas IUNIR - Argentina

 

Sobre o curso

O que é eletrocautério?

O eletrocautério é uma tecnologia que realiza um tipo de cirurgia elétrica (também chamada de eletrocirurgia) capaz de remover e destruir o tecido a partir de uma descarga elétrica.

 

Como funciona o eletrocautério?

A corrente contínua ou alternada do eletrocautério é passada por um fio resistente de metal, gerando calor. O eletrodo aquecido é aplicado ao tecido para que haja hemostasia e destruição dos tecidos em vários graus.

 

Quais são as indicações do eletrocautério?

 

Despigmentar a pele (remoção de manchas, pigmentos de micropigmentação ou tatuagem)

Pigmentar a pele para casos de leucodermias (são aquelas famosas manchas brancas que surgem por exposição ao sol)

Fazer curetagem (remover a parte superficial da pele) em procedimentos de limpeza de pele

Rejuvenescer a face (indicada para tratamentos de rugas e linhas)

Induzir o processo de cicatrização e gerar novo colágeno na pele

Tratar estrias e cicatrizes induzindo a reestruturação das fibras de colágeno.

Quais são as contraindicações do eletrocautério?

Pacientes que utilizem medicações com ação fotossensibilizadora

Que sofram de ceratose (actínia, seborreica e queratose folicular)

Tenham lesões cancerígenas no local da aplicação

Tenham no local da aplicação sangramentos ou feridas abertas

Estejam grávidas e desejem fazer procedimentos no útero

Sejam cardiopatas

Lesões de herpes ativa

 

Quais são os modos de ação?

Para começar, é necessário escolher o modo entre pontual e varredura.

Modo Pontual
Nesse caso, basta apenas encostar a ponta da cureta na pele do paciente. Tudo com movimentos pontilhados. Nesse caso, a intensidade da aplicação deve ser monitorada, já que a área é menor e resulta em maior intensidade de corrente elétrica.

Modo Varredura
Nesse caso, deve-se encostar a cureta na pele e arrastá-la pela superfície desejada em movimentos de vai e vem, sem que a ponta seja retirada. A intensidade poderá ir até a 10, dependendo das características e objetivos do paciente.

Como aplicar o eletrocautério?

Higienizar a pele do paciente
Aplicar (opcionalmente) gelo ou anestésico
Escolher a ponteira e a intensidade necessárias
Fazer movimentos leves
Realizar a fototerapia
Aplicar máscara restauradora, calmante ou sérum facial
Aplicar cosméticos que sejam ricos em fatores de crescimento, óleos vegetais e anti-manchas.

 

Quantas sessões são necessárias?

A maioria das lesões requer apenas um tratamento para a remoção completa; no entanto, alguns procedimentos específicos podem precisar de algumas sessões.

O procedimento pode ser realizado em sessões semanais, quinzenais ou mensais, dependendo do quanto de agressividade o tratatamento terá.

 

É possível fazer blefaroplastia com eletrocautério?


Sim. Realizar a blefaroplastia com o eletrocautério tem diversas vantagens, já que não há cortes na pele do paciente e, assim, não há necessidade de pontos. Com isso, muitas pessoas podem voltar ao trabalho ou às atividades normais no mesmo dia. Além disso, não há nessidade de anestésicos injetáveis.

Quais são as recomendações para o procedimento?

No dia do procedimento, é recomendado não usar maquiagem no local do tratamento.

 

O que o paciente pode sentir após o procedimento?

A paciente pode sentir uma espécie de queimação, mas ela costuma durar apenas algumas horas. É comum que o profissional aplique um gel refrescante ou outros cosméticos para ajudar a regenerar a pele.

 

Quanto tempo leva para cicatrizar?

Normalmente, cerca de 30 dias. Entretanto, depois da aplicação já é possível observar resultados, principalmente para manchas.

 

Data 12 de fevereiro

 

Conteúdo Programático

 

- Anatomia e Fisiologia da Pele
- Fisiologia do Envelhecimento
- Fisiologia do Processo Inflamatório
- Como preparar a pele para obter bons resultados
- Diferença ente Eletrocautério e Jato de Plasma
- O que fazer no pós procedimento
- Indicações e Contra-Indicações
- Técnicas : Pálpebras, Lifting facial, Papada, Linhas de Expressão, Flacidez Umbilical.
- Intercorrências

 

Investimento : 1500,00 (pix ou transferência) ou 1800,00 em até 6 x no cartão.

 

Para garantir a matrícula deverá realizar o pagamento de 20% do valor e o restante no dia do curso.

 

Agenda sua Consulta